A nossa História

O Hospital da Irmandade do Terço teve a sua origem a 21 de novembro de 1754, quando o Padre Geraldo Pereira comprou umas casas e quintais junto à Porta de Cimo de Vila como produto das esmolas que caíam no oratório de Nossa Senhora do Terço, junto do qual os devotos rezavam todas as noites o Terço do Rosário. O referido Padre Geraldo Pereira construiu ainda, com a ajuda de Manuel da Silva Galvão, uma igreja sob a invocação daquela padroeira. Nela foi celebrada a primeira missa em 1759. Porém, somente em 16 de maio de 1766 foi legalizada a Irmandade, com a mesma invocação de Nossa Senhora do Terço, acrescida do designativo «Caridade». Dos seus estatutos ressalta, desde logo, a vocação para a ação beneficente que não se limitava apenas aos Irmãos, mas se estendia aos doentes e encarcerados, aos quais se socorria com visitas e óbolos. Daí ter ocorrido ao Irmão Manuel Joaquim Ramos a lembrança de mandar construir um hospital no espaço adjacente à igreja. Graças ao empenho e contribuição de muitos, a obra foi inaugurada em dezembro de 1781.

Como, a breve trecho, o espaço existente se revelou insuficiente para as solicitações, coube a honra aos Cónegos José Maria e Francisco Viterbo de Sousa, irmãos de sangue, mandarem proceder à grande ampliação das instalações hospitalares, o que se verificou em 1816. Desde o início, o Hospital do Terço ficou ligado aos mais importantes factos cirúrgicos de Portugal. Foi neste hospital, em 25 de julho de 1782, que se praticou a primeira cesariana e foi igualmente nele que se criou a primeira sala de operações, em 1856. Por essa altura, foi operado, com êxito, um aneurisma da artéria humeral, o que deu brado no meio médico. Foi o Doutor Bernardino António de Almeida, professor da Escola Médica, a grande figura deste e de outros feitos cirúrgicos.

 

Desta forma, o Hospital do Terço desde cedo se caraterizou pelo seu carater inovador e pioneiro no campo da prestação de cuidados de saúde e apoio social, abrangendo muitas histórias e largos anos de história. Desde março de 2013 a gestão do Hospital do Terço foi concessionada à empresa Involvepeople – Gestão de Saúde e Unidade Hospitalar, Lda. através de uma parceria estabelecida com a Venerável Irmandade de Nossa Senhora do Terço e Caridade, proprietária do edifício. Sendo que, desde agosto 2015, uma nova equipa administradora e gestora da referida empresa ingressou numa nova fase da sua história. Encontrando-se a implementar um plano estratégico de modernização e intervenção no âmbito do plano individual e comunitário, que passa pela reabilitação física ao nível da infraestrutura, capacitação de espaços previamente existentes e abertura de novos serviços e respostas sociais, a atual equipa gestora objetiva a preservação e incitamento dos valores de qualidade e humanização na prestação de cuidados de saúde e apoio social, pelos quais o Hospital do Terço sempre fora reconhecido.